A Care é "cruelty free": veja como testamos nossos produtos

A Care é "cruelty free": veja como testamos nossos produtos

Quando apresentamos a CARE Natural Beauty como uma marca "cruelty free", é muito comum surgirem dúvidas sobre esse tema e sobre como testamos nossos produtos.

O primeiro passo é entender o real significado deste termo. Cruelty free (livre de crueldade, em português), significa que um produto não é testado em animais antes de ser liberado para comercialização. 

É um termo muito confundido com o vegano, que por sua vez significa que um produto é livre de ingredientes de origem animal em sua formulação. 

Nós da CARE nos importamos com qualquer vida existente e, por isso, nos comprometemos com a produção de produtos veganos, naturais e livres de crueldade.

Mas, se os testes não são feitos em animais, como asseguramos que nossos produtos são seguro? Nós vamos lhe mostrar!

A diferença entre vegano e "cruelty free"

Um cosmético com o selo "cruelty free" presente na embalagem é facilmente confundido com um produto vegano. Porém, mesmo que essas duas vertentes andem lado a lado, existem princípios que diferenciam o termo "cruelty free" do vegano.


Para um produto ser vegano, nenhum ingrediente de origem animal deve estar presente em sua fórmula, e isso inclui todos os animais.

Agora, para ser considerado "cruelty free" os fornecedores de determinado produto não podem fazer testes em animais em nenhuma fase do processo de produção, seja com o produto em desenvolvimento ou finalizado. 

Como a CARE testa seus produtos veganos e "cruelty  free"

Para garantirmos que um produto é seguro, nós da CARE adotamos um método extremamente eficiente e livre de qualquer tipo de crueldade.

A primeira etapa desse processo são os testes realizados com probióticos. Através desses testes, é possível analisar a qualidade e a eficácia do produto. Logo em seguida, esses mesmos probióticos são avaliados por tonalidade, textura, durabilidade e outros fatores relacionados.

Depois, o produto passa pela fase de estabilidade e compatibilidade com a sua embalagem. Isso é importante para checar se ocorre algum tipo de alteração do produto quando em contato com o material da embalagem. Com os resultados inalterados, iniciamos a fase de produção industrial.

É importante mencionar que o setor de qualidade está presente em todas as etapas de fabricação, a fim de garantir a qualidade dos produtos testados no laboratório.

Logo em seguida, são feitos os testes de aspecto, realizados a partir de um padrão pré-estabelecido de comparação com o protótipo que foi utilizado no começo do processo. Já a densidade é aprovada com uma faixa de valores, também desenvolvida no início da fabricação.

A partir de então, ocorre a análise microbiológica, que verifica se não houve nenhuma contaminação no decorrer do processo. Essa liberação acontece de acordo com os valores impostos pela ANVISA na RDC 481, também voltada para a segurança dos consumidores.

Feita a análise, realizamos um controle de peso para garantir que as embalagens tenham o volume igual ao do começo. Para isso, pesamos os produtos a cada 15 minutos.


Com a conclusão de todas as etapas, fazemos o teste final dos produtos em pessoas voluntárias e credenciadas pela ANVISA. Dessa maneira, certificamos a qualidade do produto e a segurança presente nele para consumo.

A CARE se preocupa com qualquer vida existente

Todo procedimento de fabricação explicado anteriormente é feito com a tecnologia necessária para criarmos produtos de qualidade que, além de cuidar da sua beleza e de seu bem-estar, respeita sempre a natureza!

Se quiser conhecer nossos produtos veganos e "cruelty free", acesse o nosso site e apoie uma empresa livre de explorações, que cuida de você e de qualquer vida existente! #weCAREAboutPlanet #weCAREAboutYou

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.