Cruelty-Free: o que é e para que serve?

, por CARE Natural Beauty
Cruelty-Free: o que é e para que serve?

Você já ouviu falar em Cruelty-Free? O termo tem se tornado cada vez mais comum no mercado - principalmente entre novas marcas do segmento de cosmética - e está alinhado com o conceito de veganismo, que vem ganhando cada vez mais apoiadores no mundo todo.

O movimento Cruelty-Free ainda é relativamente recente e uma iniciativa de poucas empresas. Por isso, é fundamental conhecer mais a fundo para distinguir as marcas idôneas, ambientalmente responsáveis e que, de fato, praticam o que declaram em seus claims e embalagens.

Para esclarecer tudo sobre essa tendência (que já se tornou realidade para parte da indústria de cosméticos), produzimos este post, incluindo:

Leia o conteúdo até o final e fique por dentro dessa prática admirável, que respeita o consumidor e, acima de tudo, a vida!

  • o que é Cruelty-Free?

Cruelty-free

O termo Cruelty-Free (livre de crueldade, em português), significa que um produto não é testado em animais antes de ser liberado para comercialização, ou ainda, que não houve nenhum tipo de exploração animal para a sua produção e demais processos envolvidos em sua fabricação.

É um termo muito confundido com o vegano que, por sua vez significa que um produto é livre de ingredientes de origem animal em sua formulação (mas isso nós explicaremos mais a seguir).

O desenvolvimento tecnológico possibilitou que testes sejam feitos em processos in-vitro ou computadorizados, sem que haja exploração ou sacrifício de um animal. Em outras palavras, o Cruelty-Free poupa a integridade física dos animais e faz uso de outros recursos em prol da saúde humana.

Felizmente, aqui no Brasil têm crescido bastante movimentos que apoiam a causa animal e, por este motivo, a consciência do consumidor tem aumentado, o que tem levado muitas empresas e adaptarem seus processos de produção e a buscarem o selo de Cruelty-Free.

  • qual é a diferença entre Cruelty-Free e vegano?

Um cosmético com o selo Cruelty-Free presente na embalagem é facilmente confundido com um produto vegano. Porém, mesmo que essas duas vertentes andem lado a lado, existem princípios que diferenciam o termo Cruelty-Free do vegano.

Para um produto ser vegano, nenhum ingrediente de origem animal deve estar presente em sua fórmula, e isso inclui todos os animais.

Agora, para serem considerados Cruelty-Free, os fornecedores daquele produto não podem fazer testes em animais em nenhuma fase do processo de produção, seja com o produto em desenvolvimento ou finalizado.

  • Selo PETA: atestado de não crueldade animal;

Selo PETA

Ainda não há uma fiscalização efetiva voltada ao selo Cruelty-Free, o que abre portas para empresas aventureiras criarem diversas autenticações para o termo.

Por isso, é importante pesquisar quais são os selos confiáveis e utilizados em outros países, como é o caso do selo PETA, que surgiu da People for the Ethical Treatment of Animals – Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, considerada a maior organização de direitos dos animais do mundo e que possui milhões de membros espalhados pelo mundo.

A PETA é considerada a maior organização de direitos dos animais do mundo e seu selo garante não haver testes em animais durante ou após o processo de produção, atestando ainda a ausência de ingredientes de origem animal em sua composição.

Todos os produtos da CARE contam com o selo PETA, que garante não haver testes em animais durante ou após o nosso processo de produção, atestando ainda a ausência de ingredientes de origem animal em nossas formulações.

  • como a CARE Natural Beauty testa seus produtos veganos?

linha CARE

Quando apresentamos a CARE Natural Beauty como uma marca Cruelty-Free, é muito comum surgirem dúvidas sobre esse tema e sobre são testados os produtos.

Para garantirmos que um produto é seguro, a CARE adota um método extremamente eficiente e livre de qualquer tipo de crueldade.

A primeira etapa desse processo são os testes realizados com probióticos. Por meio desses testes, é possível analisar a qualidade e eficácia do produto. Logo em seguida, esses mesmos probióticos são avaliados pela tonalidade, textura, durabilidade e outros fatores relacionados.

Depois, o produto passa pela fase de estabilidade e compatibilidade com a sua embalagem. Isso é importante para checar se ocorre algum tipo de alteração entre eles. Com os resultados inalterados, iniciamos a fase de produção industrial.

É importante mencionar que o setor de qualidade está presente em todas as etapas de fabricação, a fim de garantir a qualidade dos produtos testados no laboratório.

Logo em seguida são feitos os testes de aspecto, realizados a partir de um padrão pré-estabelecido de comparação com o protótipo que foi utilizado no começo do processo.

Já a densidade é aprovada com uma faixa de valores, também desenvolvida no início da fabricação.

A partir de então, ocorre a análise microbiológica que verifica se não houve nenhuma contaminação no decorrer do processo. Essa liberação acontece de acordo com os valores impostos pela ANVISA na RDC 481, também voltada para a segurança dos consumidores.

Feita a análise, realiza-se um controle de peso para garantir que as embalagens tenham o volume igual ao do começo. Para isso, pesamos os produtos a cada 15 minutos.

Com a conclusão de todas as etapas, fazemos o teste final dos produtos em pessoas voluntárias e credenciadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Dessa maneira, a CARE certifica a qualidade do produto e a segurança presente nele para consumo.

cruelty-free

Para nós, cada vida importa. E muito! Todo procedimento de fabricação explicado anteriormente é feito com a tecnologia necessária para criarmos produtos de qualidade que, além de cuidar da sua beleza e bem-estar, sempre respeita a natureza!

Se quiser conhecer nossos produtos veganos, Cruelty-Free e 100% livres de toxinas, acesse o nosso site e apoie uma empresa sem exploração animal, que cuida de você e de todo tipo de existência!

Você pode também assistir ao nosso vídeo no canal do YouTube, repleto de informações sobre o assunto: 

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.