Argila rosa: como usar e para que serve?

Argila rosa: como usar e para que serve?

A argila rosa é muito usada em tratamentos estéticos, mas nem todo mundo que insere esse produto na rotina conhece todos os seus benefícios.

Além disso, escolher o tipo de argila mais adequado às suas necessidades é fundamental, pois cada um tem minerais específicos que contribuem para um tipo diferente de demanda.

Pensando nisso, a seguir vamos esclarecer tudo sobre uma das nossas queridinhas: 

Vem com a gente para saber quando a argila rosa vai ser mais indicada e se essa opção vai entregar os resultados esperados!

O que é argila rosa?

argila rosa_1

As argilas são sedimentos microscópicos de rochas, surgindo a partir da ação de processos naturais (ventos, água, calor etc.) sobre as formações rochosas.

A argila rosa é obtida a partir da argila vermelha e branca, reunindo os benefícios dessas duas opções que também são vastamente usadas na área de beleza e autocuidados. 

A argila vermelha é mais acessível e com composição rica em óxido de ferro, cobre e silício, podendo ser usada para cuidados com a pele e com o cabelo.

Em os resultados possíveis com a argila vermelha está a hidratação da pele e prevenção e amenização dos sinais de envelhecimento cutâneo.

Essa opção é muito indicada para peles maduras e sensíveis, pois estimula a circulação sanguínea local, entregando nutrientes e oxigênio na região tratada.

Também é indicada para promover limpeza, ação calmante e anti-estresse.

Já a argila branca é uma das mais usadas nos tratamentos estéticos devido aos seus amplos benefícios em decorrência de uma rica mistura de minerais, como: alumínio; sílica; manganês; magnésio; ferro; potássio e cálcio.

A argila branca pode ser usada em todos os tipos de pele, mas é indicada especialmente para peles sensíveis, devido seu pH neutro que reduz os riscos de alergias.

Entre os resultados que podem ser obtidos nos tratamentos estéticos com a argila branca destacam-se o clareamento de manchas, ação antioxidante e hidratação profunda.

Para que serve argila rosa?

argila rosa_2

Como visto, por ser uma junção da argila vermelha e branca, a argila rosa é recomendada, principalmente, para peles sensíveis, delicadas e com tendência à reação alérgica e rosácea. Também pode ser benéfica para peles ressecadas e acneicas.

A argila rosa promove uma limpeza profunda da cútis, ajudando na remoção de toxinas e absorção do excesso de oleosidade, ao mesmo tempo em que contribui na retenção de lipídios para efeito hidratante saudável.

Outro aspecto importante é o combate aos radicais livres por meio da ação antioxidante, que vai contribuir nos cuidados de prevenção e suavização de sinais de envelhecimento facial, como rugas.

Devido à argila branca, a versão rosa também apresenta propriedades cicatrizantes e suavizantes, viabilizando acalmar peles com amiore tendência à irritação e inflamação por acne.

Benefícios da argila rosa

A argila rosa apresenta diferentes benefícios obtidos a partir das composições ricas da vermelha e branca, como:

  • propriedades anti-estresse e anti-inflamatórias, ajudando a acalmar peles com tendência à irritação;
  • ajuda na redução de medidas quando usada em tratamentos corporais;
  • promove limpeza profunda e esfoliação, ajudando na eliminação de agentes mais superficiais;
  • ação adstringente e revitalizante, eliminando as impurezas da pele e devolvendo o brilho à cútis;
  • propriedades relaxantes, ajudando a desinflamar a pele, como devido acnes;
  • contribui na prevenção da flacidez cutânea devido seu efeito tensor.

A argila rosa também pode ser usada em tratamentos capilares, estimulando a circulação sanguínea no couro cabeludo e, consequentemente, a recepção de nutrientes pelos folículos pilosos.

Além disso, apresenta ação antisséptica e desintoxicante no couro cabeludo, ajudando no tratamento de oleosidade e dermatite seborreica.

Como usar argila rosa?

A argila rosa é, frequentemente, comercializada em pó. Nesses casos, basta misturar duas colheres de chá com um pouco de água filtrada ou soro fisiológico até adquirir uma consistência cremosa.

Lave o rosto antes e, então, aplique uma camada generosa de argila. Deixe agir entre 15 e 20 minutos, usando uma bruma ou água para umedecer a argila onde ela secar.

A argila não pode ressecar no rosto, devendo ser removida quando ainda está úmida.

Em seguida lave o rosto com água fria para removê-la e finalize com um sérum hidratante.

Além da versão em pó, é cada vez mais comum que a argila rosa e outras componham a formulação de cosméticos naturais, ampliando as opções de uso e formas de obter os benefícios do produto.

Conheça mais sobre as máscaras de argila!

Existem diversas opções de argilas disponíveis para atender necessidades estéticas diferentes, como:

  • argila amarela: reduz oleosidade e ameniza manchas;
  • argila azul: tem boas propriedades tonificantes;
  • argila verde: regula a oleosidade e tem ação cicatrizante; 
  • argila preta: tem propriedades anti-inflamatórias.

A definição de qual máscara ou produto com argila será mais benéfico ao seu caso depende de entender quais as principais necessidades da pele.

Para incorporar a argila rosa na sua rotina de skincare uma opção é o Sérum Skindrops Glow, que protege contra os agentes externos – como poluição, radiação solar e ventos – ao mesmo tempo em que promove um efeito iluminador.

Skindrops Glow

A formulação, que é natural, vegana e orgânica, inclui probióticos, rosa mosqueta, esqualano de oliva, argila rosa e argila branca.

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.