Óleo de Rosa Mosqueta: descubra seus benefícios para a pele!

Óleo de Rosa Mosqueta: descubra seus benefícios para a pele!

O crescimento da cosmética e beleza natural tem viabilizado a descoberta de ricas propriedades em produtos já conhecidos, como o óleo de rosa mosqueta.

Como outros óleos vegetais, como de jojoba, argan e melaleuca, o óleo de rosa mosqueta tem sido introduzido na rotina de skincare, de beleza corporal e até mesmo de saúde devido aos seus ativos naturais com ricas propriedades que promovem ótimos resultados estéticos.

Apesar do aumento do uso, ainda existem muitas dúvidas sobre as origens da rosa mosqueta, como o óleo pode ser aplicado no dia a dia e os benefícios dele, especialmente no uso em formulações de dermocosméticos. Pensando nisso, esse conteúdo vai abordar:

A partir desses tópicos você saberá tudo sobre o óleo de rosa mosqueta e poderá incluir esse óleo vegetal na sua rotina de beleza com melhores informações sobre os usos e funções. Vem com a gente!

Rosa mosqueta, o que é?

Uma das primeiras dúvidas quando se ouve falar em rosa mosqueta é sobre o que é isso e de onde ela vem.

O óleo de rosa mosqueta, que é a forma mais comum de uso, especialmente na estética, é extraído das sementes da planta rosa canina, que pertence à família das rosáceas e conta com mais de 70 espécies conhecidas.

A planta é originária da Europa e foi trazida à América pelos colonos europeus, tendo se adaptado bem ao clima da Cordilheira dos Andes, no Chile, devido às baixas temperaturas da região.

A rosa mosqueta apresenta pétalas de cor branca, rosada ou amarelada que caem, resultando em um fruto vermelho e oval com tamanho entre 1,5 e 3 centímetros de diâmetro do qual o óleo é extraído.

As propriedades e composição exata do óleo de rosa mosqueta variam de acordo com fatores, como a espécie da planta, o método de extração do óleo e também se ele é obtido a partir do fruto ou da semente.

No entanto, em geral, a extração do óleo de rosa mosqueta ocorre por meio de prensagem das sementes a frio ou por solvente, sendo favorável ao processo de extração que o fruto ou semente esteja seco, resultando em uma quantidade maior de óleo.

A composição do óleo de rosa mosqueta inclui ácidos graxos poli-insaturados, como ácido oleico e linoleico (ômega 6), alfa-linoleico (ômega 3) e ômega 9, além de vitaminas A, C, B1, B2, E e K e diversos minerais, incluindo potássio, cálcio, sódio, ferro, magnésio e fósforo.

Para que serve a rosa mosqueta?

óleo mosqueta

As propriedades do óleo de rosa mosqueta estão diretamente relacionadas à concentração de ácido linoleico, que fica entre 35,9 e 54,8%, de alfa-linolênico, entre 16,6 e 26,5% e de oleico, entre 14,7 e 22,1%.

Além disso, o produto contém antioxidantes lipofílicos, incluindo os tocoferóis e os carotenoides, o que garante ao produto uma elevada capacidade anti-inflamatória e antioxidante, responsável por amenizar o estresse oxidativo das células.

O óleo ainda tem propriedades antibacterianas, o que explica seu uso tanto na cosmética como também na área da saúde.

O óleo de rosa mosqueta é usado devido às suas propriedades de renovação celular, benefícios à saúde e estética dos cabelos, face, corpo e unhas. Conheça a seguir os diferentes usos e benefícios do produto.

Hidratação

A propriedade mais destacada do óleo de rosa mosqueta é relacionada à hidratação, sendo frequentemente usado em áreas ressecadas ou pessoas com pele e cabelos extra secos.

Por ser de origem vegetal, o óleo penetra mais profundamente na derme, contribuindo na hidratação e regeneração dos tecidos, o que evita ressecamento, rachaduras na pele e aparência esbranquiçada da pele.

A presença de óleos graxos na composição é fundamental à capacidade de hidratação do produto, sendo que os resultados podem ser potencializados com o uso duas vezes por dia de uma fina camada de óleo acompanhada de massagem no local da aplicação.

O uso diário, entretanto, é mais indicado para regiões ressecadas, como pés, cotovelos e joelhos, e também para quem sofre com a pele extra seca.

Outra observação é que ele deve ser usado, preferencialmente, em combinação com outro óleo vegetal, como de jojoba, amêndoas, melaleuca etc.

Para pessoas com pele oleosa, o produto também pode ser benéfico, mas a frequência deve ser menor e indicada por um especialista para evitar o entupimento dos poros, o que prejudica a transpiração da derme e compromete a saúde da pele.

Existem diferentes opções, como o uso do óleo de rosa mosqueta puro, a associação com outros óleos vegetais, como de jojoba, em associação com loções ou na composição de cosméticos, o que traz vantagens devido à junção com outros componentes em medidas adequadas.

O óleo de rosa mosqueta também pode ser adicionado a um hidratante corporal, no entanto, nesses casos é importante que o creme ou loção tenha uma base livre de substâncias químicas tóxicas para evitar reações e irritações da pele.

Hidratação capilar

O óleo de rosa mosqueta também entrega resultados satisfatórios na hidratação capilar. Ele pode ser aplicado junto ao óleo de jojoba.

A aplicação do óleo no couro cabeludo é indicada para quando ele está ressecado ou com pequenas descamações.

Em geral, ele pode ser aplicado no comprimento de cabelos ressecados e sem vida regularmente. Deve ser espalhado no fio limpo e seco e mantido de um dia para o outro, sendo removido durante o banho com xampu e, em seguida, usar o condicionador para fechar as cutículas e manter a hidratação.

Antienvelhecimento

As propriedades antioxidantes do óleo de rosa mosqueta são destaque nos tratamentos antienvelhecimento, de forma que a composição contribui na amenização e prevenção de rugas, flacidez e linhas de expressão.

O envelhecimento da cútis é resultado principalmente da união de exposição à radiação solar com os movimentos repetidos da face. A radiação causa o envelhecimento celular, de forma que as substâncias antioxidantes, como o óleo de rosa mosqueta, reduzem esse processo, reduzindo os danos às células e contribuindo na sua regeneração.

Além disso, o produto evita a degeneração das células de colágeno e estimula sua produção por ser rico em vitaminas A e C, que são fundamentais à firmeza e elasticidade da pele.

A hidratação da pele também protege a cútis, deixando-a mais saudável e reduzindo os efeitos do envelhecimento, seja na face ou no corpo.

Clareamento de manchas

Devido à presença de ácido trans-retinóico, que atua na pigmentação da pele, e as características antioxidantes do óleo de rosa mosqueta, ele contribui na suavização de manchas leves, como os melasmas causados pela exposição ao sol.

No entanto, é sempre importante contar com uma avaliação dermatológica especializada quando o assunto é manchas, garantindo a definição de um tratamento mais adequado e personalizado às necessidades do caso.

Dessa forma, o óleo de rosa mosqueta pode complementar outras abordagens sejam elas naturais, farmacológicas ou mesmo procedimentos estéticos.

Cicatrização

Os efeitos benéficos do óleo de rosa mosqueta na cicatrização também são destacados e cada vez mais estudados.

Uma pesquisa indicou que pacientes que usaram o óleo de rosa mosqueta apresentaram resultados mais satisfatórios no processo de cicatrização até 29 dias antes do que os participantes que não usaram a substância.

Foi estudado o uso da substância em casos de úlceras varicosas e pós-traumáticas, eczemas e feridas pós-cirúrgicas.

Apesar desse recorte, o óleo de rosa mosqueta pode ser usado no processo de cicatrização de diferentes procedimentos, podendo ser usado diretamente sob o local após a remoção dos pontos ou em formulações específicas para cicatrização.

Além disso, as propriedades do óleo de rosa mosqueta podem contribuir na menor incidência de cicatrizes inestéticas, como as quelóides, também contribuindo para amenizá-las em pacientes com tendência a esse tipo de problema na cicatrização.

Tratamento de estrias

O uso de rosa mosqueta para estrias também é bastante ressaltado. Apesar de não existirem estudos específicos para comprovação da eficácia nesses casos, a hidratação da pele é uma das principais recomendações para prevenção e tratamento de estrias.

A opção é particularmente indicada para estrias avermelhadas, que são mais recentes e respondem melhor a tratamentos como hidratação da cútis. 

Já o tratamento de estrias brancas, em geral, demanda abordagens mais específicas, como uso de laser e outras. Nesse caso, a rosa mosqueta pode entrar como um coadjuvante no tratamento para potencializar os efeitos positivos e a hidratação da pele.

Queimaduras

Algumas pesquisas promissoras têm indicado que o óleo de rosa mosqueta pode entregar resultados satisfatórios em tratamentos de queimadura.

Apesar das boas perspectivas da abordagem, no entanto, é importante que as queimaduras sejam avaliadas por um médico especialista, indicando o tratamento mais apropriado de acordo com a gravidade do caso.

Saúde

A rosa mosqueta também pode entregar bons resultados à saúde quando ingerida via oral, indicam alguns estudos.

As propriedades anti-inflamatórias do óleo vegetal contribuem na redução de dores causadas pela inflamação das articulações provocadas por quadros de osteoartrite.

Devido à capacidade antioxidante do óleo ele também pode contribuir na manutenção da saúde auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares e até mesmo do câncer devido combater a ação dos radicais livres que causam o estresse oxidativo das células.

Além disso, os fitoestérois presentes na rosa mosqueta são conhecidos por reduzir a absorção de colesterol pelo intestino.

O consumo via oral do óleo de rosa mosqueta, entretanto, exige cautela. Em nenhuma circunstância deve-se ingerir uma formulação desenvolvida para tratamento tópico.

Como usar a rosa mosqueta? Rosto, pele, cabelos e unhas!

Os benefícios do óleo de rosa mosqueta fazem com que ele tenha diferentes aplicações no dia a dia, podendo ser usado na pele, cabelos e até mesmo nas unhas. Conheça como a seguir.

Como usar a rosa mosqueta no rosto?

O uso correto da rosa mosqueta é fundamental para que seus benefícios sejam alcançados nos tratamentos estéticos diários.

Uma opção de como usar rosa mosqueta no rosto é para remover maquiagem, principalmente ao redor dos olhos. Nesse caso, o óleo pode ser usado puro, com algumas gotas em cotonete ou algodão, evitando contato direto com as mucosas.

O óleo de rosa mosqueta ainda é indicado para prevenir rachaduras ou queimaduras nos lábios durante os dias mais frios.

Para o uso diurno a recomendação é que seja aplicada uma fina camada do óleo de rosa mosqueta após a limpeza e antes do protetor solar, que é indispensável para proteção da pele e deve ser reaplicado a cada 3 horas.

Para tratamento noturno, o óleo de rosa mosqueta pode ser usado puro, mas consiste na última etapa de skincare, sendo importante fazer a remoção da maquiagem, limpeza, tonificação e hidratação do rosto antes.

Além disso, o uso de água termal ou hidratante contribui na restauração do manto hídrico para que, em seguida, o óleo de rosa mosqueta promova a proteção lipídica à pele.

Como usar a rosa mosqueta no corpo?

No corpo, o óleo de rosa mosqueta pode ser usado como outros óleos vegetais com o objetivo de nutrir e hidratar a pele.

Nesse caso, a aplicação pode ser realizada com o óleo de mosqueta puro ou na composição de dermocosméticos.

O uso diário em todo o corpo é uma opção, massageando a região de 2 a 3 minutos para melhor absorção do óleo.

Em áreas mais ressecadas, como cotovelos, pés, joelhos e outras, a aplicação do óleo de rosa mosqueta pode ocorrer até duas vezes por dia. Essa dica também é válida para quem usa o óleo de rosa mosqueta para prevenir o aparecimento ou intensificação de estrias.

Como usar a rosa mosqueta no cabelo?

Também é possível fazer uso do óleo de rosa mosqueta nos cabelos, garantindo hidratação, brilho, fortalecimento e saúde capilar.

O óleo de rosa mosqueta pode ser usado na umectação dos fios, processo que deve ser realizado regularmente, principalmente em pessoas com fios mais ressecados. Nesse caso, ele é aplicado sozinho em toda a extensão do cabelo, da raiz às pontas, e pode ser mantido até de um dia para o outro, a chamada umectação noturna.

A rosa mosqueta também vai entregar resultados capilares adequados quando o uso for associado a hidratantes e loções. Nesse caso, deve-se manter no cabelo de 15 a 20 minutos e enxaguar no banho, realizando uma higienização tradicional com xampu e condicionador em seguida.

Como usar a rosa mosqueta na unha?

Um uso menos conhecido do óleo de rosa mosqueta, mas que também é sucesso, consiste em aplicar o produto nas unhas.

Nesse caso, com as unhas sem esmaltação, aplique o óleo de rosa mosqueta, o que pode ser feito até mesmo com um algodão. O produto vai ajudar a hidratar as cutículas e fortalecer a unha, reduzindo a quebra ou outros problemas do tipo.

Benefícios da rosa mosqueta em cosméticos;

O uso do óleo de rosa mosqueta puro tem se tornado cada vez mais comum, no entanto, há diversos benefícios no uso da rosa mosqueta em cosméticos naturais.

A vantagem de escolher cosméticos com rosa mosqueta na composição é que se trata de uma formulação otimizada e já compatível com outros ingredientes para entregar resultados mais satisfatórios no skincare.

As propriedades do óleo de rosa mosqueta são preservadas quando ele é usado na formulação de cosméticos e podem ser inclusive potencializadas de acordo com a composição desenvolvida.

Portanto, ainda que o uso do óleo de rosa mosqueta puro não seja contraindicado, a inclusão da substância na rotina de skincare pode ser mais satisfatória quando usado um cosmético estudado e testado.

Produtos CARE com rosa mosqueta

Conheça a seguir opções de cosméticos da CARE Natural Beauty desenvolvidos com rosa mosqueta em formulações limpas, veganas, naturais e orgânicas.

Sérum Skindrops Glow

Glow

O sérum facial hidratante e iluminador Skindrops Glow da CARE Natural Beauty protege a pele contra a poluição e toxinas, apresentando efeito hidratante e iluminador.

O sérum pode ser adicionado à rotina de skincare da manhã junto com outros passos para uma pele mais saudável e bonita. Uma dica de passo a passo é:

  • limpeza da pele com sabonete líquido específico para o seu tipo de pele;
  • tonificação da pele para hidratar e controlar o pH;
  • tratamento para a região dos olhos, prevenindo o surgimento de linhas de envelhecimento facial nessa área mais delicada;
  • hidratação e tratamento da pele com um produto de hidratação profunda e que contribua na prevenção das linhas de expressão;
  • aplicação do sérum Skindrops Glow para contribuir na hidratação e iluminação da pele;
  • uso do protetor solar;
  • maquiagem colorida e natural.

Com esse passo a passo na rotina de skincare da manhã a pele recebe todos os cuidados necessários à saúde, hidratação e proteção.

O sérum Skindrops Glow promove a vitalidade da pele devido aos seus efeitos antioxidantes promovidos pela composição que, além de rosa mosqueta, inclui: vitamina E natural, óleo de açaí orgânico, argila rosa, argila branca, lavanda e alecrim.

Calming Mask

calming mask

A máscara facial Calming Mask é um cosmético direcionado ao tratamento da pele sensível e delicada com rosa mosqueta na composição.

Os ativos do produto restauram e regulam a temperatura e a microcirculação da derme e têm função hidratante, tônico, emoliente, cicatrizante e anti-inflamatório, ajudando na saúde da pele com irritações, vasinhos, rosáceas e ressecamento.

Além da rosa mosqueta, o Calming Mask tem ativos que incluem physalis, camomila, D-Pantenol, argila rosa e óleo de jojoba, podendo ser usado até três vezes por semana.

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.